Izakaya, os bares tradicionais japoneses


Ikazaya, restaurante típico japonês

Izakaya, os bares-restaurantes tradicionais japoneses
Izakaya é uma espécie de mistura entre um bar e restaurante tipicamente japonês. Lá são servidos bebidas típicas como cerveja e saque e também comidas populares. Se antigamente, os Izakayas eram considerados bares populares, hoje em dia existem uma grande variedade de tipos que vão dos baratos aos mais caros.

O nome “izakaya” é uma palavra composta de “i” (“sentar”) e “sakaya” (“loja de saquê”), e tem origem nos estabelecimentos que vendiam bebidas alcoólicas e permitiam que os clientes se sentassem em suas dependências para bebê-las.

É difícil definir o que de fato é um izakaya. Não é simplesmente um bar, mas também não é propriamente um restaurante, pois o cardápio é mais substancial do que um bar, porém mais simples do que a de um restaurante.

É o que poderíamos chamar de botequim japonês, onde as pessoas se reúnem em um Happy Hour após o trabalho, para beber e comer Tsukidashi ou Otoshi (pequenas porções ou aperitivos para acompanhar junto com a bebida). O cardápio pode estar sobre a mesa ou pendurado nas paredes; os pratos e bebidas são pedidos ao longo do período em que o cliente estiver no local.

História de Izakaya

Acredita-se que o Izakaya foi criado no Período Edo (século 17 à 19), quando muitas pessoas bebiam em frente às lojas de bebida. Visando obter lucro, as lojas começaram a oferecer petiscos para acompanhar as bebidas e essa prática levou a criação do Izakaya.

Hoje em dia, poucas lojas de bebidas oferecem esse serviço, porém levam o nome de “kadouchi” ou “Tachinomi”.

Se antigamente, a principal imagem do izakaya era como um lugar “predominantemente masculino”, onde os “salary man” se reuniam com os colegas de trabalho para beber após o trabalho, mas hoje em dia, mulheres e estudantes também tem frequentado com mais regularidade, o que fez com que aumentasse o leque de opções de comidas e bebidas.

Comidas e bebidas do Izakaya

As iguarias servidas são basicamente comidas baratas e populares japonesas como o Yakitori (espetos de frango grelhado), Kushiyaki (espeto com carne grelhada e legumes), Kushikatsu (espetinho de carne de porco e legumes empanados), Okonomiyake (panqueca japonesa), Takoyaki (bolinho frito de polvo), tsukemono (legumes em conserva), Hiyayakko (tofu macio frio com diversas coberturas), sashimi (fatias de peixe cru), karaage (frango frito), Edamame (grãos de soja fervidos e salgados), entre outros.

Há outros pratos como os de arroz, como ochazuke, e com massas, como yakisoba. Geralmente são consumidos no fim das refeições, após as bebidas, que entre as mais consumidas estão o tradicional Saquê (nihonshu, Cerveja (biiru), Shochu (shōchū), Coquetéis, Sour mix (sawaa), Chuhai, Vinho e Whisky.

Existem vários tipos de Izakaya, desde vão desde os mais simples até os de grandes cadeias, que oferecem serviço de Nomihodai (“tudo o que você puder beber”) e tabehodai (“tudo o que você puder comer”). Estes formatos permitem aos clientes comer ou beber o quanto quiserem durante um período de duas ou três horas, por um determinado preço, geralmente bem acessível.

Toalhinhas higiênicas Oshibori

Uma coisa que chama atenção no Japão é Oshibori (おしぼり), também conhecido como Otefuki (お手拭き). É uma toalhinha de mão úmida e esterilizada, que pode estar fria ou quente (dependendo da época do ano), oferecida aos clientes antes de serem servidos, para que eles limpem as mãos, rosto e pescoço e para trazer uma sensação relaxante e refrescante.

Trata-se de um costume tradicional de higiene no Japão e praticamente todos os restaurantes no Japão oferecem. As oshiboris frias são dadas no verão, enquanto que as oshiboris quentes são dadas no inverno. Também são chamadas de atsushibo e tsumeshibo, oriundos das palavras japonesas atsui (熱い) e tsumetai (冷たい), referindo-se respectivamente ao oshibori quente e frio.

Uma coisa que atrai os estrangeiros ao Izakaya é a sua decoração tipicamente oriental. Logo na entrada, é comum vermos chōchin (ちょうちん), aquelas lanternas vermelhas tradicionais. Elas são para chamar a atenção da clientela.

A associação do Izakaya com o Chōchin é tão forte, que as pessoas muitas vezes se referem aos Ikazaya de pequeno porte como Akachōchin (“lanterna vermelha”) em conversas cotidianas, devido à estas grandes lanternas de papel que tradicionalmente são penduradas na frente destes estabelecimentos.

Izakaya-restaurante-típico-japonês

Dependendo do izakaya, os clientes costumam se sentar sobre um tatame, e a comida é servida sobre mesas baixas, no estilo tradicional japonês. Hoje em dia, é comum encontrar Izakayas com mesas em estilo ocidental também. Já para quem está sozinho ou acompanhado de apenas uma pessoa, para apenas uma bebida e um aperitivo, é comum se sentarem junto ao balcão.

Ikazaya, bares típicos japoneses

Os Izakayas pertencentes à grandes cadeias se tornaram populares na década de 1980. Eles são bem maiores do que os tradicionais, além de terem uma decoração mais moderna e um cardápio bem mais recheado. São procurados geralmente pelos mais jovens e por grupos grandes de pessoas para uma reunião após o trabalho ou confraternizações como Bonenkai e Shinenkai.

Izakaya com mesas para se ficar de joelhos

Existem alguns Izakaya também que são especializados somente em um tipo de comida como o Yakitori-ya, outros em que os clientes se sentam em torno de lareiras ou outra fonte de calor, chamados de Robatayaki e ainda os Oden-ya, que são estabelecimentos pequenos, semelhantes à barracas de rua, geralmente localizados em vielas estreitas ou bairros gastronômicos.

Uma das coisas boas do Izakaya é que você pode beber e comer bem a um preço razoável. Além disso, frequentar um Izakaya pode ser uma experiência muito interessante, especialmente para os estrangeiros, que desejam conhecer de perto as tradições japonesas e a sua ampla gastronomia popular.

Aproveite para ver também:
Restaurante Zauo, onde você mesmo pesca sua refeição
Restaurantes bizarros na Ásia
Restaurante robótico em Kabukicho, Tóquio
Restaurante sobre uma árvore em Okinawa

Quer Aprender Japonês?

12 Comentários

  1. Douglas

    Deve ser muito bom passar uma noite comendo bastante coisas boas num Izakaya desses, com certeza é bem único e diferente para um estrangeiro. O ambiente oriental é uma das melhores partes ^^
    Abraços!!!

  2. Pingback: Oshibori Art - Origami feito com toalhinhas de mão | Curiosidades do Japão

  3. Japão em Foco

    Oi Douglas!
    No tempo que estive no Japão, fui varias vezes em Ikazaya, e adorava sentar nas mesinhas no chão. Muitos brasileiros não gostam porque não estão acostumados a se agachar e daí as pernas logo começam a formigar rs. Mas eu sempre achei o máximo. Abraços!

  4. Pingback: Bonenkai - Festa de fim de ano no Japão | Curiosidades do Japão

  5. Pingback: Japão | 117 dicas de turismo | Domingão de Twittadas

  6. Japão em Foco

    Oi Marcos!
    Você não se cansa de dizer e eu adoro ler que você ama o Japão rsrs
    Abraços!

  7. Outro dia perguntei pra um amigo que já está ha mais tempo por aqui qual seria a traduçao mais perto para o Izakaya?

    Buteco, foi que ele me disse, morri de rir. Fiquei pensando COMO explicar o que seria um Buteco para um amigo japonês hahaaha

  8. Japão em Foco

    Oi Therezinha!
    Realmente algumas pessoas se referem ao Izakaya como buteco, pois é nos butecos que os brasileiros costumam se reunir em um happy hour após o trabalho… rs e o Izakaya tem mais ou menos essa função, embora o estilo seja bem diferente de um bar ou buteco no Brasil. Abraços!

  9. Pingback: Garotas Propagandas de marcas de cerveja no Japão | Curiosidades do Japão

  10. Pingback: Conhecendo os tipos restaurantes no Japão | Curiosidades do Japão

  11. Otefuki(お絞り)×

    Otefuki(お手拭き)○
    Oshibori(お絞り)○

    お手拭き も お絞り も同じ意味です。
    日本では一般的に、紙を折り畳んだ物を「お手拭き」
    布を巻いて絞った物を「お絞り」と呼びます。(^o^)v

    Limpeza Contato mão é também toalha o mesmo significado. Comum no Japão, o que você dobrou o papel “otefuki” O que você apertou enrolando o pano é chamado de “oshibori”.(^o^)v

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *