Shichigosan – Festival de 7, 5 e 3 anos

shichigosan

Shichi go san – Festival de 7, 5 e 3 anos
Shichigosan (七五三) significa literalmente : Shichi (sete), Go (cinco) e San (três) e é o nome dado a um festival japonês comemorado por crianças que no ano em vigor completam 7, 5 e 3 anos. A data oficial é 15 de novembro, no entanto, quando a data cai no meio da semana é comum a maioria das famílias realizarem a cerimônia no fim de semana que antecede ou procede a data oficial.

Desta forma fica mais fácil a família toda se reunir no sábado e domingo, já que esta data não é um feriado nacional no calendário japonês.

Além do Hinamatsuri (Dias das Meninas e / ou Festival das bonecas) no dia 3 de março e dia dos meninos no dia 5 de maio, as crianças ainda ganham essa data para comemorar as idades de 3, 5 e 7 anos. O propósito é celebrar o crescimento saudável das crianças e rezar pela sua saúde e bem estar.

História da Shichigosan


Este festival para as crianças, remonta ao Período Heian no Japão (794-1185). O evento tem algumas raízes muito tradicionais e rituais que são associados com os costumes da sociedade japonesa em diferentes momentos da história.

Durante a era dos samurais, por exemplo, a tradição “ kamioki ” era que as crianças tivessem suas cabeças raspadas no nascimento. Somente ao chegar na idade de 3 anos é que poderiam deixar o cabelo crescer.

Hoje em dia, essa tradição de raspar a cabeça já não é tão habitual, porém a celebração dos 3 anos ainda é amplamente comemorada entre meninos e meninas que completam 3 anos. É com essa idade que elas vão se vestir com os trajes tradicionais pela primeira vez e visitar o santuário para a celebração.

Durante esses dias, é comum ver nas ruas e trens, uma grande quantidade de crianças vestidas com kimono e esbanjando sorrisos para todos.

Meninos de 5 e meninas de 7


Além das crianças de 3 anos, meninos com 5 anos e meninas de 7 anos também comemoram o Shichi go san. Para os meninos a celebração é conhecida como “hakamagi no gi“. Esta é a primeira vez que vai usar formalmente o “hakama“, uma calça tradicional japonesa e o “haori“, terno de seda, para se assemelharem aos samurais.

Nos tempos modernos este costume está mudando um pouco e, especialmente, em Tóquio, ao invés de usar roupas tradicionais, muitos meninos vão com trajes comuns, talvez por serem mais confortáveis. Veja também: Okuizome, a primeira refeição de um bebê.

Para as meninas com 7 anos, será a segunda vez que elas celebram o Shichigosan. Este evento é conhecido como “obitoki no gi“. As meninas usam o “obi” tradicional, pela primeira vez em torno de seu kimono, em vez de cordas simples.

As meninas de 7 anos são produzidas como se fossem adultas, tendo uma dia glamouroso, onde receberão maquiagem e arranjos nos cabelos para estarem lindas e se assemelharem a gueixas adultas para entrarem no santuário.

Atividades tradicionais no Shichigosan

Nessa data, além de ir aos santuários, as crianças ganham um festival só para elas onde é comum vê-las carregando sacos decorados com tartarugas e dobraduras de papel recheados de Chitose ame (doces compridos como canudos nas cores vermelho e branco), que significa “doce dos mil anos“.

As tartarugas (kame) e as dobraduras (origami) simbolizam uma vida longa e saudável na cultura japonesa, enquanto as varas de doces são embrulhada em vermelho e branco, cores que trazem sorte, segundo a tradição japonesa.


Essa data é muito especial tanto para as crianças como para os pais, que registram cada detalhe da cerimônia através de suas câmeras. Essa celebração, marca uma espécie de passagem de idade, um ritual diferente do que vemos no ocidente, onde normalmente as crianças comemoram o aniversário anualmente.

Superstições com a idade

No Japão, a comemoração é comunitária e em idades específicas. O porque dessas idades? Bom, os japoneses são supersticiosos em relação aos números e portanto eles acreditam, que nessas idades, as crianças ficam mais suscetíveis à todo tipo de infortúnio como problemas de saúde e riscos de morte.

Segundo a tradição, levar as crianças com essas idades aos templos para participarem da cerimônia fará com que elas ganhem proteção, saúde e sorte na vida.

Se quiser saber mais sobre as superstições com a idade, veja esse artigo que fala sobre Yakudoshi – As idades consideradas de azar no Japão para saber quais as idades consideradas de “calamidade” no Japão. Algumas idades devem ser comemoradas sem falta para não correr o risco de ter uma vida azarada.

Vídeo com uma cerimônia Shichigosan


Link do vídeo (YouTube)

* Texto originalmente postado no dia 15 de Novembro de 2011

Quer Aprender Japonês?

9 Comentários

  1. Cleny da Silva Martins Wada

    tudo que fala do Japão eu amo, sou viúva de yoshiro wada, nascido em Nigaata, ele foi uma pessoa muito boa p mim, gostaria que ele estivesses aqui com migo, mais papai do céu achou melhor levar ele. Tenho 58 anos e todos os dias eu corro e gosto sempre de correr com uma bandana na cabeça e quando é do japão melhor ainda. Arigatoo por mandar sempre e-mails p mim. Tenha uma boa tarde.

  2. Douglas

    As crianças ficam muito fofas de kimono *—*
    Realmente lembram muito samurais e gueixas, só que em miniatura xD
    é bom vê que essas tradições antigas continuam fortes no Japão.
    A braços!

  3. Japão em Foco

    Oi Douglas!
    Também acho muito interessante essa tradição do “Shichigosan”. Tem muito a ver com as superstições japonesas. Abraços!

  4. Pingback: Seijin no Hi (成人の日) - Dia da Maioridade no Japão | Curiosidades do Japão

  5. Pingback: Okuizome, cerimônia dos 100 dias de vida | Curiosidades do Japão

  6. Pingback: Keiro no hi - Dia do Respeito aos Idosos no Japão | Curiosidades do Japão

  7. Rodrigo

    Muito legal essa tradição!
    Ótimo post, abraço!

  8. Pingback: Quimono, os trajes tradicionais do Japão | Curiosidades do Japão

  9. Pingback: Datas de Aniversários Especiais no Japão | Curiosidades do Japão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *