Mitos e Verdades sobre as Gueixas

Mizuage, ritual da maioridade das gueixas

Mitos e Verdades sobre as gueixas, as cortesãs japonesas

O termo ¨Gueixa¨ ainda traz muita confusão para a maioria das pessoas, então aqui posto um texto afim de esclarecer alguns aspectos tradicionais e históricos sobre as gueixas, que são um ícone importantíssimo na cultura japonesa.

É quase impossível deixar de associar a imagem das gueixas, com aquelas mulheres maquiadas de branco e vestidas em trajes típicos, com o Japão. A palavra “gueixa” significa “pessoa que vive das artes”. Essas mulheres estudam a tradição milenar japonesa e utilizam elementos artísticos para entreter seus convidados.

Maquiagem gueixa

Para isso, recitam versos, tocam diversos instrumentos musicais tradicionais, contam histórias, conversam sobre diversos temas, etc. É muito comum, até mesmo dentro do próprio Japão, que as gueixas sejam confundidas com prostitutas de luxo, o que não é verdade. O trabalho dessas mulheres não compreende o sexo, uma vez que as mesmas são artistas. Claro que toda regra há exceções!

A maior parte dos clientes de uma gueixa são homens mais velhos e que possuem grande admiração pela cultura japonesa. As gueixas transmitem a idéia de uma mulher perfeita, fazendo com que seus clientes se sintam valorizados e atraentes. Entretanto, ser cliente de uma dessas artistas é um privilégio apenas para indivíduos da elite: grandes empresários, políticos, famosos, etc.

Gueisha

Para se tornar uma gueixa, a mulher precisa passar por um extensivo treinamento iniciado por volta dos 13 a 15 anos de idade. Nas épocas de recessão econômica, muitos pais vendiam suas filhas para as casas de gueixas (chamadas de okiya). Hoje em dia, as jovens que escolhem essa profissão, não o fazem por ser a única opção e sim porque são movidas pela paixão ou para seguir os mesmos passos da mãe.

As gueixas são personagens importantes na cultura japonesa e embora exista o desejo de manter viva a tradição, o número de gueixas diminuiu significativamente ao longo das décadas, especialmente após a 2° Guerra Mundial: No início do século passado havia cerca de 80 mil gueixas no Japão, hoje estima-se que existam menos de 2 mil.

Aproveite para ver também:
* Filme Memórias de uma Gueixa
* A Maquiagem Artística das Gueixas
* Taikomochi, a versão masculina das gueixas
* Fatos que talvez você não saiba sobre as gueixas

Quer Aprender Japonês?

18 Comentários

  1. DANNY RAMOS

    OLÁ, entrei aqui porque estou fazendo uma pesquisa de campo para um aniversário com temática Japonesa que vou promover.Parabéns pelo post muito esclarecedor,realmente não dá pra separar a imagem de uma gueixa da imagem do Japão,e sim ,no fundo eu tinha esta dúvida cruel sobre elas serem prostitutas ou não,mesmo que indiretamente,que me perdoem as gueixas.
    Obrigada, agora não sou mais ignorante neste assunto.

  2. elaine b

    muito bom esse seu texto sobre esses assuntos, recentemente tentava converser uma miga que uma guiexa nao era uma prostituta de luxa e ela teimou comigo eu indiquei esse texto a ela, muito bom mesmo, adorei. Sou uma apaixonada pela cultura oirental e tambem por tudo o que ela tem de importancia, por isso gosto de esta me enteirando a assuntos desse genero.

  3. Simma Silva

    Eu adorei o exclarecimento, sobre o real significado de geixa, também achava que eram prostitutas, e agora sei que são artistas. Uma vez, acisti o filme Memórias de uma Gueixa e apesar de se falar em artistas elas se portavam como prostitutas, quando vendiam sua virgindade, porém, não vejo assim, para mim elas são mesmo artistas, aqui no Brasil, existiam as vedetes que poderiam ser enquadradas na mesma classe ou na França, com o Moulin Rouge e as suas dançarinas famosas, isso é arte e não prostituiçaõ.

  4. Cah

    muito legal.
    Só fiquei sabendo que gueixas não eram prostitutas de luxo, depois que lí o livro memórias de uma gueixa.
    São artistas, trabalham com arte e entreterimento, não com sexo.

  5. Pingback: Kimono – Roupa tradicional japonesa | Dicas Brasil Japão

  6. Pingback: Maquiagem de gueisha passo a passo | Dicas Brasil Japão

  7. 😛 meu amigo falo que sou uma por que mim maqueia parre-sido

  8. Pingback: Belas Gueixas em grafite - Arte de Rua | Curiosidades do Japão

  9. Pingback: Leques tradicionais japoneses | Curiosidades do Japão

  10. Pingback: 40 motivos para amar o Japao (3° parte) | Curiosidades do Japão

  11. Jean

    Eu sempre tive uma visão “romântica” sobre as gueixas, e essa matéria, de certa forma, confirmou alguns aspectos: Uma ARTISTA uma especialista na cultura em que vive. Lindo isso…
    Mas por serem mulheres e vistas como “perfeitas” , consequentemente o quesito sexo vem de forma inevitável, e algumas vezes rebaixado, devido a falta de sensibilidade, machismo, sei lá, coisas assim….O fato é que no meu imaginário são mulheres interessantes , companhias perfeitas, claro que se pensa na atração, mas não rebaixando-a a objeto sexual de luxo somente, que isso…. 🙁
    Parabéns pela matéria esclarecedora ! \o/

  12. Japão em Foco

    Oi Jean!
    Sim, as gueixas são verdadeiras artistas na cultura em que vive… Você disse tudo! Obrigada pelo comentário! Abraços!

  13. Pingback: Adolfo Farsari, o homem que fotografou o Japão antigo | Curiosidades do Japão

  14. Pingback: Taikomochi, a versão masculina das gueixas | Curiosidades do Japão

  15. Pingback: Memórias de Uma Gueixa | Curiosidades do Japão

  16. Pingback: Curiosidades sobre gueixas que talvez você não saiba | Curiosidades do Japão

  17. Pingback: Tatuagens de gueixas | Curiosidades do Japão

  18. Tah A.

    Adorei este texto, grata! bastante esclarecedor, além de ser uma fonte confiável. O preconceito é muito triste, e julgar não é legal, ainda mais sem entender do assunto. São belas, e admiraveis, e o significado artista é digno e respeitoso, de valor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *